Tuesday, December 14, 2004

Voar

Se eu conseguisse sair daqui
Se tivesse mil asas para me levar para perto do sonho
Se o vento fosse amigo do meu desejo de ser mais livre
Se nada me prendesse
Nem esta corda bamba que sustenta os meus pensamentos sentidos
Se eu quisesse...

Estreei uma lua nova e derrubei o chão
Corri com saltos baixos e tropecei na certeza
Afoguei o querer
Sem querer

1 Comments:

Blogger pedro o pirata said...

se quiseres eu arranjo duas mascaras, uma bomba de fumo, um helicopetro, uma corda e saltamos pela janela ao encontro da vida sem sentido.

December 15, 2004 at 1:56 AM  

Post a Comment

<< Home