Friday, November 19, 2004

Ponto com nó

Todos os dedos que toquei enterrados em adeuses.
Não posso dizer.
É triste e indizível.

1 Comments:

Blogger pedro o pirata said...

miuda, os teus poemas sao muito profundos para o meu cerebelo minusculo, mas gosto de todos eles....sao mágicos!!!!!!!!!

November 19, 2004 at 7:46 AM  

Post a Comment

<< Home